O desenvolvimento das inteligências múltiplas psicomotoras através da capoeira Por ser eclética, a Capoeira possibilita trabalhar diversas inteligências sempre respeitando as limitações reverenciando os...

O desenvolvimento das inteligências múltiplas psicomotoras através da capoeira

Por ser eclética, a Capoeira possibilita trabalhar diversas inteligências sempre respeitando as limitações reverenciando os talentos de cada um.

As crianças são estimuladas desde a mais tenra idade, por tudo que a circundam. O estudo sobre o cérebro resulta em um avanço importante para avaliarmos os alunos, de forma com que os mesmos demonstrem e despertem talentos específicos, escondidos no seu ser interior.

Através dos estudos do psicólogo e neurologista “Horward Gardner” (1980-1990) foram identificadas e comprovadas nove (9) inteligências, tendo mais duas (2) em estudos. Sendo que todos nós nascemos com capacidades de desenvolver todas as inteligências, embora termos potenciais diferenciados façam isso naturalmente, considerando também a carga genética que pode ser determinante. E agora temos uma oportunidade de respeitarmos as limitações e reverenciar os talentos de cada um, utilizando-os como forma de aprendizado, na capoeira que é tão eclética, envolvem movimentos corporais, coordenativos de equilíbrio, força, resistência, musicalidade, ritmo, resgate histórico e de valores humanos. Eis as inteligências que podemos trabalhar dentro da Capoeira:

1) Inteligência Espacial; Definimos como a capacidade de perceber uma forma ou um objeto, Percebe-se o mundo visual com precisão. Sendo assim, podemos citar os pilotos de automobilismo, que no percurso da corrida acontecem às ultrapassagens, relação de tempo e espaço. Na capoeira com a movimentação sem o contato e com o controle corporal desenvolve bem a noção espacial.

2) Inteligência Lingüística;

O dom da linguagem é universal, e seu desenvolvimento nas crianças é constante em todas as culturas. Na capoeira não é diferente, o praticante aprende a se expressar e a questionar a si próprio e aos próximos com o objetivo de crescimento de grupo. Além de conhecer as palavras de costume da capoeira, como: Iê! Camará!Etc.

3) Inteligência Lógico-Matemática;

No indivíduo talentoso, o processo de resolução de problema é surpreendentemente rápido. No desenrolar do “jogo da capoeira” há situações em que a astúcia, velocidade e a ação de arco-reflexo são utilizadas, tendo que a velocidade de reação ser instantânea. Defesa e ataque. Pergunta e resposta.

4) Inteligência Musical;

Considerada como um domínio intelectual autônomo. Para apreciar a função dos ritmos no trabalho musical, o indivíduo precisa ter uma competência numérica básica para desenvolver sua área musical, desenvolvendo assim cada vez mais, sua inteligência musical. A capoeira é a única arte marcial que possui a música, e ela é o fundamento principal, pois o participante deve respeitar a cadência tocada pela orquestra, devendo reconhecer o tipo de toque, ou canção e reagir conforme a ação solicitada, e de contrapartida a orquestra estar atenta a algum acontecimento durante a “roda” e improvisar naquele instante.

5) Inteligência Corporal-Cinestésica;

A capacidade de realizar movimentos quando dirigidos reflexivamente, ou numa base involuntária que começa desde cedo com as crianças. Arte dança esporte, lazer com o corpo em movimento, tudo isso e muito mais é a capoeira. O preparo físico progressivo, junto com o controle corporal, trabalhando força, resistência, flexibilidade que são desenvolvidas.

6) Inteligência Inter-Pessoal;

Baseada na capacidade de perceber a capacidade de perceber as distinções entre os outros, suas intenções e desejos. Perceber o semblante “feroz” ou “alegre” ou “maroto” no momento do jogo, essa sociabilização e a distinção da sua forma de jogar “manso”, “valente” ou “brincalhão”, depende da situação que envolve aquele determinado jogo. Um controle emocional para com os outros.

7) Inteligência Intra-Pessoal;

Controlar suas próprias emoções, conhecer a si mesma. Nos treinos, ou ao “entrar na roda”, onde você está literalmente no centro das atenções, a vergonha de errar, esquecer ou louvar sua autoestima, o desenvolvimento dessas emoções, dentro do nosso ser.

8) Inteligência Naturalista;

Os escravos africanos viviam na África em harmonia com os animais, conheciam bem a selva, usavam inclusive as “matas da capoeira” para organizarem emboscadas perante os capitães do mato, assim como os índios que distinguem bem as plantas venenosas das benéficas. E ao trabalhar nas confecções dos instrumentos, necessita-se do reconhecimento das matérias-primas. Ex: Berimbau- madeira (beriba, outros).

9) Inteligência Pictórica;

Trabalhando com desenhos, tentar expressar o ritmo de executar o “desenhar”, e expressar através dos traços, o sentimento ou o aprendizado referente aquele determinado momento.

10) Inteligência Contextual (em estudo);

Conscientizar-se a respeito da era ou época existente ou mencionada. Como a história da capoeira Sua origem, os processos de pluralidade cultural, traçando um paralelo, bem próximo à história.

11) Inteligência Para-psíquica; (em estudo);

Além de trabalhar com alto nível de energia, o toque do berimbau, instrumento absurdo de uma (1) corda só, expressa o lamento do escravo em busca da liberdade. A parte da espiritualidade da capoeira não tem nada a ver com religião e sim com o pensamento, as vibrações positivas de companheiro para companheiro. A admiração ao mestre, seu ídolo, aquele em que você se espelha.

P.S. {Pesquisa iniciada no terceiro ano do curso de Educação Física, na Faculdade de Educação Física de Santos –FEFIS_UNIMES, em 1998, na matéria de Psicomotricidade, que tinha como docente o Professor Marcelo Airãs Ducalov, e desenvolvida ao longo desses anos no Projeto Capoeira Escola/Baixada Santista do Professor Márcio Rodrigues dos Santos, também responsável pela pesquisa}.

Bibliografia:

* GARDNER, Howard. A criança é o pré-escolar: como pensa e como a escola pode ensina-la, Porto Alegre, Artes Médicas, 1995.

– See more at: http://www.educacaofisica.com.br/index.php/blogs-ef/entry/o-desenvolvimento-das-inteligencias-multiplas-psicomotoras-atraves-da-capoeira#sthash.OYoUrNcR.pWpaJQav.dpuf

 

Ricardo Nascimento

No comments so far.

Be first to leave comment below.

Your email address will not be published. Required fields are marked *