Warning: Parameter 1 to wp_default_styles() expected to be a reference, value given in /home/tnknet/public_html/jogodemandinga.com/wp-includes/plugin.php on line 600

Warning: Parameter 1 to wp_default_scripts() expected to be a reference, value given in /home/tnknet/public_html/jogodemandinga.com/wp-includes/plugin.php on line 600

Warning: Parameter 1 to plsh_print_scripts_in_footer() expected to be a reference, value given in /home/tnknet/public_html/jogodemandinga.com/wp-includes/plugin.php on line 600
Morre aos 66 anos o pesquisador da capoeira Frede Abreu
Morre aos 66 anos o pesquisador da capoeira Frede Abreu Morre aos 66 anos o pesquisador da capoeira Frede Abreu
 Um dos principais pesquisadores da capoeira, Frederico José de Abreu morreu nesta quinta-feira aos 66 anos depois de uma luta de um ano contra... Morre aos 66 anos o pesquisador da capoeira Frede Abreu
 Um dos principais pesquisadores da capoeira, Frederico José de Abreu morreu nesta quinta-feira aos 66 anos depois de uma luta de um ano contra a hepatite C. O corpo de Frede, como era conhecido, será cremado às 13h desta sexta-feira (12) no Cemitério Jardim da Saudade. Ele deixa mulher e dois filhos.

Grande estudioso da capoeira, Frede escreveu sobre mestres como Bimba, Pastinha, João Pequeno, Canjiquinha, Waldemar, Caiçara e Cobrinha Verde. Ele fundou o Instituto Jair Moura, com acerco de mais de 40 mil títulos sobre capoeira e cultura afrobrasileira.

Referência, Frede foi consultor do inventário que tombou a capoeira como patrimônio cultural do Brasil, em 2008. Ele ainda ajudou no projeto Axé, trabalhando pela preservação de grupos como o do mestre João Pequeno, da Fundação Mestre Bimba, e de outros.

Ultimamente, trabalhava na biblioteca do Instituto Mauá, no Pelourinho.

Fonte: Jornal correio da Bahia

Homenagem ao MESTRE FREDE ABREU
ARTE: BIGU
Cantiga: Mestre Frede Abreu, de autoria de CÉSAR BARRIL
Local: Casa PROJETO MANDINGA, Pelourinho, Salvador, Brasil, 2015
Fotos, filmagem e edição: Dadá Jaques

Ricardo Nascimento

No comments so far.

Be first to leave comment below.

Your email address will not be published. Required fields are marked *