Warning: Parameter 1 to wp_default_styles() expected to be a reference, value given in /home/tnknet/public_html/jogodemandinga.com/wp-includes/plugin.php on line 600

Warning: Parameter 1 to wp_default_scripts() expected to be a reference, value given in /home/tnknet/public_html/jogodemandinga.com/wp-includes/plugin.php on line 600

Warning: Parameter 1 to plsh_print_scripts_in_footer() expected to be a reference, value given in /home/tnknet/public_html/jogodemandinga.com/wp-includes/plugin.php on line 600
Capoeira conquista meninos de rua na República Democrática do Congo
A brasileiríssima capoeira ganha adeptos entre meninos de rua em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo (RDC). O número de menores que vivem...

A brasileiríssima capoeira ganha adeptos entre meninos de rua em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo (RDC). O número de menores que vivem na cidade é estimado 200 mil, quantidade que não é apoiada por nenhum levantamento ou pesquisa. Muitos deixaram suas famílias, muitos foram rejeitados. A reportagem é da Agência France Presse.

 Mas muitos desses menores encontraram um estímulo no vigor e na disciplina da capoeira, num mundo cercado de prostituição, mal nutrição e violência. O responsável pela iniciativa é o técnico informático congolês Yannick N’Salambo, que aprendeu capoeira com um turista brasileiro de passagem pelo país.

Três vezes por semana, no popular bairro de Limete, ele reúne um grupo de crianças em uma praça, com berimbaus e reco-recos. Os menores descalços formam um círculo para a prática, que dura duas horas. No final, os participantes fazem uma espécie de juramento, prometendo dedicação à escola, postura apresentável, respeito mútuo e pontualidade.

“Vi muito progresso, algumas crianças recusavam ordens, eram agressivas e mal educadas”, conta N’Salambo. “A capoeira reestruturou a psicologia desses menores”, acrescenta.

“É um esporte que nos ensina a sermos amigos”, diz um garoto de 14 anos. “Eu me sinto muito bem quando pratico”, diz outro de cinco anos.

Paulo Uchoa, embaixador do Brasil na RDC, diz estar “muito orgulhoso” que a capoeira possa acrescentar algo de positivo na vida dessas crianças congolesas. O diplomata lembra que as trocas comerciais entre os dois países aumentaram, em dez anos, de cinco milhões a 26 milhões de dólares.

fonte: http://www.portugues.rfi.fr/brasil/

Ricardo Nascimento

No comments so far.

Be first to leave comment below.

Your email address will not be published. Required fields are marked *